Monthly Archive: November 2014

Itinerário

Por vezes eu relembro sobre a inevitável hora de eu ter que me despedir desse lugar. Quando o faço, me sinto despedaçado sobre a necessidade de ter que me afastar de tudo que se tornou familiar, e a relutância em...

Quero - aimbire.com

Como eu te quero

Te quero ver nua, então solte esse cabelo. Eu quero ver como ele cai sobre seus ombros, para entender, como eles vão estar ao vento quando formos caminhar em um dia, ou quando você estiver...

Rodovia - aimbire.com

Rodovia

Ela observava silenciosa a paisagem à sua direita, com o rosto colado ao vidro do carro seus pensamentos contrariavam sua fala. Os únicos sons que estavam presente eram os dos pneus percorrendo o asfalto quente, e a...

Imaginação

Era apenas natural que isso iria acontecer. Que eu iria me sentir dessa maneira. Deixar com que ela tocasse as minhas mãos, e beijasse o meu pescoço da maneira que você fazia. Sim, Eu estou...

One Day

‘Can I say something? Before we go back to the party?’ ‘Go on.’ ‘I’m a little drunk.’ ‘Me too. That’s okay.’ ‘Just . . . I missed you, you know.’ ‘I missed you too.’ ‘But...

Cafeteria

Lembro dos tempos em que eu me escondia nessa cafeteria apenas na esperança de ver você. Venho aqui frequentemente pois você havia me dito que esse local tinha o melhor cappuccino da cidade. Lembro me...

Karaoke

“Você confia em mim?” Ela disse, seus olhos estavam intensos de uma forma na qual eu jamais havia visto, as suas sobrancelhas se elevam toda vez que ela faz uma pergunta. Ela não desviara o...

Tic, tac

Um dia, talvez em breve, você irá encontrar esse texto e parar para lê-lo. Você saberá que foi escrito para você. Hoje você não irá dar bola, deixará que estas palavras passem em branco na sua vida sem...

Sussurros

A luz da rua atravessava levemente pelas escuras, porém finas cortinas e iluminava com um brilho suave todo o nosso quarto. Eu tento voltar a dormir, e observo como a luz se espalha sobre a janela....

Companheiro

Ainda consigo fechar meus olhos e relembrar de suas unhas raspando o piso correndo, eu não fazia barulho algum e você sempre sabia que eu havia chegado. Você vinha pronto para brincar e adorava ver sua cara...